Publicidade
Polytheama

O cinema como reflexo do nosso tempo histórico

Iluminar para refletir. Ou refletir para iluminar. Spot é um projetor de luz bastante popular nas salas de um espetáculo de teatro, nos sets de filmagem de cinema ou televisão, nas galerias de arte. Aquela luminária que dá foco sobre o artista em cena. Sobre a obra. É a luminária que nos faz direcionar o olhar para uma situação, para um momento, para algo que merece ser visto e refletido. A coluna Spot, assinada pelo jornalista e ator Breno Motta, é sustentada pelas artes mineiras, sobretudo. Com possíveis extensões de fronteiras, sempre.

Na segunda edição desse espaço de entrevistas com aqueles e aquelas que produzem cultura no Brasil de 2021, neste tempo-espaço em que as artes e seus profissionais sofrem constantes ataques, conversaremos novamente sobre cinema, sobre a 16ª CineOP, Mostra de Cinema de Ouro Preto. As temáticas deste ano são as mais convenientes para o momento: preservação, história e educação. E o grande homenageado do festival é um dos artistas mais coerentes em sua trajetória, seja no teatro, na televisão ou no cinema: Chico Diaz. Na Spot#2, entrevistamos Raquel Hallak, CEO da Universo Produção e coordenadora geral da mostra.

Aqui e agora, cinema. Depois, teatro. Posteriormente, artes plásticas. E música. E dança. E performance. E literatura. Para que a realidade não nos destrua.