Conjuntura

Parlamento espanhol se solidariza com CPI da Covid por iniciativa de brasileira

Maria Dantas mostra documento com assinaturas de partidos de esquerda e direita aprovado na Comissão de Assuntos Externos do Congresso da Espanha (Foto: Arquivo pessoal)

Por 21 votos a 14, o Congresso Espanhol aprovou, nesta quarta-feira, 13, a iniciativa parlamentar da deputada brasileira Maria Dantas, de apoio e solidariedade ao povo brasileiro em sua luta pela vida, proteção e defesa do meio ambiente e pelas instituições democráticas. A proposição também reconhece e se solidariza com os trabalhos realizados pelo Senado brasileiro por meio da CPI da Covid.

O documento tem assinatura de partidos de esquerda e direita e foi debatido e votado na Comissão de Assuntos Externos do Congresso. Mara Dantas foi eleita na Espanha pelo partido Esquerra Republicana de Catalunya em 2019. 

“Foram meses preparando esta iniciativa parlamentar, em busca de várias representatividades políticas, não só dos partidos de esquerda, mas desde anticapitalistas até a direita liberal, o que seria, aqui, o partido de Angela Merkel”, informa Maria, que conversou ao telefone com O Pharol. Ela é a única brasileira da história eleita deputada para o Congresso da Espanha.

Entre os grupos parlamentares que assinam o texto estão Esquerra Republicana, Compromís, Más País, BNG, CUP, PdCat e Unidos Podemos. Esse último integra o Governo da Espanha, em uma coligação eleitoral formada por Podemos, Esquerda Unida e outros diversos partidos de esquerda. Os votos contrários à proposta são de membros dos partidos Vox (extrema-direita) e PP (conservador).

A autora da proposição explica que a intenção é tocar em temas que interpelam a sociedade espanhola, tais quais o aumento do supremacismo branco; a Amazônia e os povos indígenas; ameaças a direitos LGBTI+, afrodescendentes, mulheres e povos ciganos; o kit covid (“algo que o povo aqui detesta, a cloroquina não chegou à Espanha”) e, por último, a CPI da covid. 

“Queremos traçar um paralelo entre o Congresso brasilerio e o espanhol, um fair play”, diz Maria. “Mesmo se não fosse aprovada, já é uma grande vitória ter conseguido tantas adesões e, sobretudo, de diversas forças políticas e cores ideológicas distintas, em apoio e solidariedade ao povo brasileiro.”

Mil dias de pobreza, morte, fome, perda de direitos e inflação’, diz documento

O título acima se refere ao texto de nove páginas encaminhado à Comissão de Assuntos Externos do Congresso Espanhol. “Devido aos graves acontecimentos que se repetem na República Federativa do Brasil, especialmente nos últimos 1.000 dias, governo do atual presidente de extrema direita, Jair Bolsonaro, a crise do modelo neoliberal tem dado origem a números assustadores: 14,7 milhões de pessoas em risco de pobreza extrema; 14,4 milhões de desempregados; 19,1 milhões de pessoas com fome; e 595.000 mortes por covid-19 (dados de 29/09/2021)”, diz um trecho.

A iniciativa, encabeçada pela deputada sergipana Maria Dantas, também evoca assuntos como a cesta básica, que registrou alta de 34% nos últimos 12 meses. Com isso, 41% da população brasileira estão em situação de fome ou insegurança alimentar. 

“É importante destacar que o atual Ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, foi funcionário da ditadura de Pinochet no Chile, a quem regularmente expressa sua admiração pelo suposto ‘milagre econômico’, modelo de desenvolvimento mantido pela transição chilena e posteriores democracia, o que coloca o Chile entre os países mais desiguais do planeta”, diz outro trecho.

O texto também destaca as 138 petições de impeachment  encaminhadas ao presidente do Congresso dos Deputados, assinadas por mais de 1.550 pessoas e mais de 550 organizações brasileiras. Além disso, reforça as denúncias de “genocídio” feitas por profissionais de saúde e também de crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional em Haia, na Holanda.

Por fim, o documento solicita que ao Governo espanhol revele, em suas relações diplomáticas bilaterais e multilaterais, preocupação com a violência incessante e a instabilidade política no Brasil; condene o uso da força contra os cidadãos e reconheça e expresse solidariedade ao trabalho realizado pelo Senado brasileiro em sua Comissão Parlamentar de Investigação (CPI).

Maria Dantas: de faxineira e garçonete a deputada na Espanha

Sergipana, fluente em castelhano e catalão e uma idealista irreparável. Antes de ser eleita deputada na Espanha, Maria Dantas atuou como advogada (formada pela Universidade Federal do Sergipe), e, sem visto na Europa, foi faxineira, babá, garçonete e cuidadora de idosos. Atualmente, mora em Barcelona com o companheiro Alex, 50, e sua filha caçula (Natália), de 23. Ela também é mãe de Thiago, 33, e Victória, 24. 

Ano passado, ela denunciou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) junto ao Parlamento Europeu. Combate ao coronavírus, Amazônia e povos indígenas são alguns dos temas em destaque no documento elaborado pela deputada em inglês, mas traduzido para outros idiomas, entre eles espanhol, catalão, francês e alemão.

Fã da cirandeira Lia de Itamaracá e de “Bella Ciao”, canção italiana que se tornou hino dos movimentos comunistas e anarquistas, Maria Dantas se elegeu parlamentar defendendo, entre outras propostas, bandeiras contra a xenofobia, o racismo, o fascismo e a LGTBIfobia e a favor da imigração e dos direitos humanos.

Relacionados
Conjuntura

Como Nossa Senhora Aparecida se tornou padroeira do Brasil

O Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no interior de São Paulo, celebra hoje (12) o Dia da Padroeira do Brasil com a volta dos fiéis nas celebrações no interior da basílica. Por conta das…
Leia mais
Conjuntura

Veto de Bolsonaro a projeto para distribuição de absorventes expõe pobreza menstrual

Distribuição gratuita de absorventes higiênicos contemplaria estudantes e mulheres em situação de vulnerabilidade.
Leia mais
Conjuntura

Margarida rechaça Kalil e defende candidatura própria do PT ao Governo de Minas

“O PT precisa se debruçar sobre a construção dessa candidatura (própria) no estado de Minas Gerais”. A constatação é da prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT), para quem uma eventual aliança com o…
Leia mais

Notícias no e-mail

Deixe um comentário