Publicidade
Holofote

O que se sabe sobre a visita do ex-presidente Lula a Juiz de Fora

Primeiro compromisso de Lula em Minas Gerais foi em Belo Horizonte (Foto: Ricardo Stuckert)

A agenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Juiz de Fora será confirmada somente nessa terça-feira por sua assessoria por questões de segurança. O fato de o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter sofrido um atentado no município durante a campanha de 2018 acabou contaminando a visita do pré-candidato do PT. Até agora o Instituto Lula divulgou apenas que será realizada uma entrevista coletiva na cidade.

Com muito material antipetista circulando nas redes sociais e após algumas ocorrências isoladas durante os eventos de Lula na segunda-feira (9) em Belo Horizonte, a segurança foi redobrada em Juiz de Fora. Por ser ex-presidente, profissionais do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), vinculado à Presidência da República, acompanham o petista. A Polícia Federal também tem atuação nos eventos envolvendo o processo eleitoral.

Lula tem previsão de desembarcar em Juiz de Fora no meio da manhã dessa quarta-feira (11). Como aconteceu em Belo Horizonte, ele terá um encontro com prefeitos e deputados da região em um hotel da região central. Na parte da tarde, o ex-presidente vai se reunir com o reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora, Marcus David, que é presidente Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), e com outros reitores de instituições federais de ensino.

Na ocasião, há expectativa de que Lula faça uma visita ao Memorial da República Presidente Itamar Franco. Em 2002, quando estava à frente do governo de Minas Gerais, Itamar foi o primeiro governador a declarar apoio ao petista. O político juiz-forano chegou a ser embaixador durante o governo do ex-presidente. Mais tarde, os dois se afastaram politicamente.

No evento de pré-campanha, previsto para acontecer na quadra da Escola de Samba Real Grandeza, mas transferido para o Sport Club de Juiz de Fora, Lula vai falar para militantes do PT e dos partidos aliados. Ele terá a companhia da presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, e do deputado federal e candidato ao Senado, Reginaldo Lopes (PT). A prefeita Margarida Salomão (PT) será a anfitriã do encontro ao lado do deputado estadual Betão (PT) e do presidente da Câmara Municipal, Juraci Scheffer (PT).

Das cinco eleições que disputou como candidato a presidente da República, Lula perdeu apenas uma vez em Juiz de Fora. Em 1994, quando Itamar Franco deixou o Palácio do Planalto e lançou o então ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso como seu sucessor, o petista sofreu sua única derrota no município.