Publicidade
Holofote

Chapéu d’Uvas e transporte público de Juiz de Fora na pauta da Assembleia de Minas

As audiências foram propostas pelos deputados Betão e Charles Santos e devem acontecer ainda no primeiro semestre (Foto: Daniel Protzner/ALMG)

Duas audiências públicas envolvendo Juiz de Fora devem entrar na pauta da Assembleia Legislativa de Minas Gerais ainda no primeiro semestre. As propostas de discussão foram apresentadas na legislatura passada, mas como os proponentes foram reeleitos, elas serão retomadas.

A primeira, de autoria do deputado Betão (PT), pretende debater as bases da constituição da Lei de Proteção da Bacia de Contribuição da Represa de Chapéu D’Uvas, bem como os impactos das construções no entorno da represa e sua utilização para práticas esportivas e de lazer.

A proposta de criação de uma legislação específica envolvendo o uso do manancial de Chapéu d’Uvas e seu entorno busca uma solução para o impasse envolvendo o abastecimento de Juiz de Fora e o desenvolvimento dos municípios de Ewbank da Câmara, Santos Dumont e Antônio Carlos.

A segunda audiência pública foi proposta pelo deputado Charles Santos (Republicanos) e quer debater a situação do transporte público municipal de Juiz de Fora. A proposta é discutir o atual modelo e propor melhorias. No final do ano passado, a prefeita Margarida Salomão (PT) anunciou subsídio para o setor em 2023.