Publicidade
Holofote

Por que Noraldino convidou Isauro para se filiar ao PSC e ser seu concorrente nas eleições?

Noraldino Júnior e Isauro Calais, com o colunista Cesar Romero ao centro: deputado e ex-deputado devem disputar eleições pelo PSC (Foto: Pollyanna Maliniak/ALMG)

A convite do deputado estadual Noraldino Júnior (PSC), o ex-deputado Isauro Calais, atualmente na primeira suplência do MDB na Assembleia de Minas, vai aproveitar a janela partidária e migrar para o PSC. Seu propósito é tentar voltar para o Parlamento mineiro nas eleições de outubro deste ano, quando concorrerá com… Noraldino.

O inusitado aceno de Noraldino a um potencial concorrente para se filiar ao seu partido provocou uma série de especulações em Juiz de Fora. Houve quem apostasse numa possível migração do deputado para a disputa de deputado federal ou mesmo senador. Ou ainda que seria Isauro quem tentaria mudar de Parlamento, buscando uma cadeira em Brasília.

Mas não é nada disso. Noraldino e Isauro serão candidatos a deputado estadual pelo PSC. O fato de irem para a disputa pelo mesmo partido, segundo Noraldino, mostra a importância que ambos dão para o fortalecimento da bancada de Juiz de Fora na Assembleia de Minas. Atualmente, além de Noraldino, Delegada Sheila (PL) e Betão (PT) são os eleitos pelo município.

“Estou como deputado na Assembleia há dois mandatos e sei como a questão das bancadas regionais têm peso grande na hora de tomar decisões. Como a chapa do PSC foi montada para eleger candidatos com vários perfis de votação, sei que tanto eu quanto o Isauro temos chances reais de sermos eleitos”, explicou Noraldino. Ele lembrou ainda que Juiz de Fora possui 400 mil eleitores.

Caso se filie mesmo no PSC, Isauro vai encontrar empecilho para eventualmente assumir o mandato neste ano, caso Alencar da Silveira Jr. (PDT) ou Sávio Souza Cruz (MDB), que são da coligação “Juntos por Minas” – PDT, PRB, PV, MDB e PODE – seja indicado para o Tribunal de Contas do Estado (TCE). A indicação deverá ser feita pela Assembleia.

A expectativa, como mostrou O Pharol, era de que Isauro assumisse no final do ano passado, após a aposentadoria do conselheiro Sebastião Helvécio. Porém, a disputa pela vaga no TCE acabou sendo contaminada pela disputa eleitoral deste ano, fazendo com que o processo fosse adiado para depois do fechamento da janela partidária, no próximo dia 2 de abril.

Como estará em outro partido quando a Assembleia indicar o sucessor de Sebastião Helvécio no TCE, Isauro certamente terá seu nome questionado pelo quarto suplente da coligação, o ex-deputado e ex-vereador de Belo Horizonte, Iran Barbosa (MDB). Isso porque o segundo suplente, o ex-deputado Ivair Nogueira faleceu em 2021, e o terceiro suplente, Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho, foi leito prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo.