Publicidade
EleiçõesHolofote

Por que Bolsonaro vai voltar a Juiz de Fora?

Bolsonaro voltará a Juiz de Fora acompanhado por deputados campões de votos como Bruno Engler (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) vai voltar a Juiz de Fora nessa terça-feira (18) em mais uma investida no estado neste segundo turno. Sua presença quase diária entre os mineiros faz parte da estratégia para diminuir a vantagem obtida pelo ex-presidente Lula (PT) no primeiro turno. O petista terminou com 48,29% contra 43,6% dos votos válidos do candidato do PL em Minas Gerais.

Inicialmente, a proposta de Bolsonaro era concentrar esforços apenas nas regiões do estado onde ele obteve bom desempenho no dia 2 de outubro. Com a entrada do governador Romeu Zema (Novo) na campanha, o presidente acabou ampliando sua área de atuação. Os coordenadores da campanha querem aproveitar a presença de Zema, que venceu na maioria dos municípios, para tentar impulsionar Bolsonaro.

Os casos de Juiz de Fora e Montes Claros são emblemáticos. O governador venceu Alexandre Kalil (PSD) nas duas cidades com uma diferença superior a 20% dos votos válidos. Bolsonaro, no entanto, saiu derrotado em ambas. A aposta bolsonarista agora é de que Zema consiga melhorar ou mesmo reverter os resultados em favor do atual presidente.

O governador não tem poupado esforços nesse sentido. Nessa terça-feira (18), ele vai desembarcar antes de Bolsonaro em Juiz de Fora e conceder entrevistas para emissoras locais de rádio. Em seguida, se encontra com o presidente no aeroporto, onde deve participar de uma conversa com lideranças religiosas. Havia a previsão de uma reunião com empresários, mas ainda não confirmada.

Bolsonaro e Zema participam de um comício na Praça da Estação (Praça Dr. João Penido) às 15h30. Dessa vez, o local da facada em 2018 (esquina da rua Halfeld com a rua Batista de Oliveira) não entrou na programação. De Juiz de Fora, os dois seguem para Montes Claros, onde terão agenda semelhante. Até o dia da eleição (30 de outubro), Bolsonaro deve retornar ao estado mais vezes, inclusive na Zona da Mata.